Home Cidades A população indígena de Espigão do Oeste é a mais vulnerável frente à covid

A população indígena de Espigão do Oeste é a mais vulnerável frente à covid

por Redação

Até a última sexta-feira (17) o município contabilizava 140 casos confirmados do novo coronavírus. Já no sábado, esse número cresceu para 151 pacientes que tiveram o diagnóstico doença.

Dos novos 10 casos que surgiram, 08 deles são indígenas, sendo 04 adultos, 02 jovens e 02 crianças. No sexo masculino, os pacientes tem as idades de 14, 38 e 34 anos, já no sexo feminino as idades são de 67, 09, 18, 53, 02 anos. Todos indígenas são da etnia Cinta Larga.

No geral, aproximadamente 20% dos casos são provenientes das aldeias existentes dentro do município. Até agora 30 indígenas, todos da etnia cinta Larga,  foram infectatos com a covid-19, sendo 11 do sexo feminino e 19 do sexo masculino.

O motivo do crescimento repentino da doença entre os índios pode ser considerado por sua cultura de conviver em grandes grupos, mantendo contato entre si, fazendo com que se tenha um rápido contágio.

Os outros dois casos são de uma paciente do sexo feminino, de 60 anos, residente na zona rural. O outro caso é um homem de 26 anos, que reside no bairro Jardim América.

Fonte: Assessoria/Decom

Related Articles

Deixe um comentário