Home Saúde Acadêmica morre com suspeita de dengue hemorrágica em Hospital Regional

Acadêmica morre com suspeita de dengue hemorrágica em Hospital Regional

por Redação

(Foto: Folha de Vilhena)

O crescente caso de dengue que está atingindo a cidade de Vilhena pode ter sido a explicação para a morte da jovem Renata Lima dos Santos, que faleceu nesta quinta-feira (12 de março) após dar entrada no Hospital Regional de Vilhena. A vilhenense era acadêmica de psicologia na Faculdade da Amazônia (FAMA).

Segundo a assessoria da Prefeitura, o exame para a confirmação do óbito já foi enviado para Porto Velho e deverá sair em torno de 20 dias. Um familiar da vítima relatou em um post na internet que Renata estava passando mal desde o dia 08 de março.

Posterior a um suposto atendimento, foram pedidos exames de urgência onde descobriu-se a baixa nas plaquetas. A vítima então teria sido atendida nos corredores do Hospital, onde acabou falecendo.

Vários moradores estão indignados com o atendimento prestado pelo Hospital Regional, alegando descaso e negligência. A assessoria rebateu as informações, informando que a equipe do Hospital estava completa e atuando no atendimento hospitalar, com pelo menos 359 pacientes.

Ainda na tarde desta quinta-feira, a Prefeitura divulgou a informação de que o Hospital Regional ganhará mais 20 leitos. De acordo com dados levantados pelo Serviço de Prontuário do Paciente (SPP), o pronto-socorro atendeu no último mês 7.402 pacientes.

A nota ainda confirmou que alguns moradores estavam sendo atendidos nos corredores do Hospital, na noite dessa quarta-feira (11), mas que cadeiras ortopédicas e almofadadas foram disponibilizadas para garantir o acompanhamento médico.

(Foto: Assessoria)

Related Articles

Deixe um comentário