spot_img

Adolescente foi assassinado por criminoso pertencente à de grupo de motociclistas “1000 graus”, dizem testemunhas

O cruel assassinato do adolescente Arthur Amora Ribeiro, de 13 anos, na tarde deste Domingo, enquanto brincava com pipas, em Porto Velho, foi cometido por um motociclista de um grupo conhecido como “1000 graus”, que sai na cidade em busca de confusão. Há relatos de problemas no Espaço Alternativo, onde costumam se reunir.

De acordo com a ocorrência, o grupo chegou em uma área da rua Guanabara com a Quintino Bocaiuva e começou a atrapalhar vários jovens que se reuniam brincando com pipas. Houver discussões e o criminoso sacou uma arma e efetuou vários disparos. O bando fugiu em seguida, tomando rumo ignorado.

 

Arthur foi atingido na cabeça e ficou agonizando em uma calçada até a chegada de uma equipe do Samu, que o socorreu até o pronto-socorro João Paulo II, onde morreu momentos depois.

Related Articles

DEIXE UMA RESPOTA

Entre com seu comentário novamente
Por favor, entre com o seu nome aqui

spot_img

Últimas notícias