Home Destaques Candirus sanguinolentos devoraram o corpo de ‘Sarita’ em minutos; Bombeiros encontram os restos mortais

Candirus sanguinolentos devoraram o corpo de ‘Sarita’ em minutos; Bombeiros encontram os restos mortais

por Redação

PORTO VELHO – Mergulhadores do Corpo de Bombeiros localizaram há pouco nas águas barrentas do rio Madeira, no porto do Cai N´Água, em Porto Velho, o corpo do morador de rua Wellison de Sá, conhecido na região central como ‘Sarita da Sete’. Dependente químico e com alguns sinais de transtornos mentais, ‘Sarita’ chegou ao porto do Cai N’Água na tarde desta sexta-feira, e começou a ingerir bebida alcóolica e a caminhar sobre canoas e barcos ancorados no local. Em determinado momento, começou a tomar banho e, em um dos mergulhos, foi puxado para debaixo das embarcações maiores e desapareceu.

Chamados por frequentadores e moradores do local, o Corpo de Bombeiros deu início às buscas após a informação de que a vítima teria entrado no rio na tarde da última sexta-feira, 6, mas, com o cair da noite, as buscas foram suspensas.

Retomadas as buscas na manhã deste sábado, por volta das 10h30 mergulhadores localizaram os restos mortais de Sarita.

Segundo bombeiros que trabalharam no local, o corpo de Sarita foi localizado após duas horas e meia de buscas, distante aproximadamente 10 metros do local onde teria caído.

O local onde ‘Sarita’ mergulhou pela última vez e conhecido pela alta incidência de candirus, bagre carnívoro sanguinolento, que habitam os sororocais do Madeira, os bombeiros localizaram apenas a ossada do corpo de morador de rua.

Com informações do G1

Related Articles

Deixe um comentário