Home Destaques Briga por reajustes salariais de PMs e Polícia Civil em RO vira troca de acusações, “PM dobrou jornada por greves da civil”

Briga por reajustes salariais de PMs e Polícia Civil em RO vira troca de acusações, “PM dobrou jornada por greves da civil”

por Redação

 

A Associação dos Oficiais Policiais e Bombeiros Militares de Rondônia (ASOF) emitiu nota em seu perfil no Facebook no último fim de semana, repudiando supostas declarações que teriam sido feitas pelo Diretor Geral da Polícia Civil Samir Fouad Abdoud que teria dito que “é verdade que a Polícia Militar está avançando nas negociações de realinhamento salarial. Até porque, essa movimentação Brasil afora, esses três estados, com essa bagunça toda que a polícia militar está fazendo nas ruas, está pressionando os governos e polícia civil, no quebra-quebra, e tudo pode avançar mais rapidamente aqui, e se não tivermos alguém lá na Assembleia por nós, aí sim, vamos declarar falência e fechar as portas”.

A nota da ASOF não esclarece onde foram feitas as declarações, e segue, “nos pronunciamos com profunda indignação pela forma desrespeitosa e desprovida de verdade que o citado servidor se refere as policias militares do Brasil, que inúmeras vezes duplicou sua jornada de trabalho em detrimento de greves da polícia civil, que lutavam por aumento salarial”.

Veja a postagem da ASOF

A polícia civil não se manifestou sobre o episódio. O atual secretário de Defesa do Estado é da Polícia Militar e desde o ano passado circulam informações sobre uma suposta negociação do governo com a PM. O governador, Marcos Rocha é coronel da reserva da Polícia Militar.

Alan Alex- Painel Político

Related Articles

Deixe um comentário