spot_img

Com decisão do STF sobre Cassol, PSD pede mais tempo para Léo Moraes, e Expedito estuda lançar candidatura

O PSD resolveu voltar atrás e pediu até sexta-feira (5) para definir o apoio ao pré-candidato do Podemos, Léo Moraes. “O jogo mudou”, disseram os dirigentes, momentos antes da convenção da legenda realizada na noite de quinta-feira em Rolim de Moura. A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) garantindo o ex-governador Ivo Cassol (PP) na disputa eleitoral azedou o processo político para o deputado Léo Moraes. Ele perdeu o apoio da pré-candidata ao Senado, Jaqueline Cassol (PP), e agora o PSD estuda se caminha com Cassol ou continua com a aliança com o Podemos, indicando o vice na chapa de Léo Moraes.

Na manhã desta sexta o ex-senador Expedito Junior, que havia decidido desistir da disputa, se reúne com os candidatos do PSD a estadual e federal para decidir se lançar a candidatura ao Senado. Ele recebeu o convite público de Léo Moraes na noite de quinta-feira em um restaurante em Rolim de Moura. “Ficamos de analisar. Pode haver mudanças”, explicou Expedito.

O Podemos realiza sua convenção na tarde desta sexta-feira no clube Talismã 21 em Porto Velho.

     

Related Articles

DEIXE UMA RESPOTA

Entre com seu comentário novamente
Por favor, entre com o seu nome aqui

spot_img

Últimas notícias