Home Destaques Com novo reajuste no preço da gasolina, motoboys em Vilhena querem aumento no pagamento das corridas

Com novo reajuste no preço da gasolina, motoboys em Vilhena querem aumento no pagamento das corridas

por Redação

Em entrevista ao FOLHA, um motoboy que trabalha através de serviços de entregas (os famosos aplicativos) falou sobre o aumento no preço da gasolina anunciado pela Petrobras nesta segunda-feira, 01 de março, e como esse reajuste irá afetar o trabalho dos motoboys e entregadores em Vilhena.

“Atualmente nossa taxa de entrega é de R$ 5,00. Com o novo reajuste no preço da gasolina, esse valor pago não dá  nem para colocar um litro de gasolina na nossa motocicleta”, enfatizou o motoboy.

Ele explicou também que o veículo além do combustível, precisa de manutenção, revisão e pneus novos periodicamente, uma vez que as motocicletas “rodam” muitos quilômetros. Destacando ainda que os motoboys estão propensos a sofrer acidentes de trânsito.

Em um levantamento feito com vários motoboys da cidade, o entrevistado explicou que os gastos com os veículos  variam de R$ 800,00 a R$ 1.000,00, dependendo do caso.

‘’Nós estamos querendo aumentar a taxa de entrega, mas o valor não é muito, é apenas R$ 1,00 por cada cliente. Esse R$ 1,00 já vai ajudar muito à categoria que não é valorizada. Nós estamos correndo atrás desse aumento por que R$ 5,00 pago pela taxa de entrega não está dando mais, não que R$ 6,00 seja muito, mas já vai ajudar bastante” salientou.

Ao encerrar a entrevista, o motoboy pediu a ajuda e a compreensão da população nesse momento tão difícil para todos.

Related Articles

Deixe um comentário