Home Destaques Coordenador Movimento Pró-Cacau planta mudas na Praça Municipal em ato simbólico

Coordenador Movimento Pró-Cacau planta mudas na Praça Municipal em ato simbólico

por Redação

Depois da realização do Fórum Pró-Cacau e a aprovação de um projeto de lei que institui o dia 02 de julho como o DIA MUNICIPAL DO CAFÉ E DO CACAU, o coordenador do Movimento Pró-Cacau, Romeu Moreira, esteve nesta segunda-feira na Praça Municipal para plantar algumas mudas de Cacau, em um gesto que simboliza a retomada da cacauicultura no município.

Empolgado com a adesão que o Movimento tem recebido de centenas de agricultores e a acolhida da população, o vereador Romeu Moreira decidiu ir à Praça dos Pioneiros e levou consigo a família, alguns produtores rurais e servidores do meio ambiente, da Semagri que hipotecar seu apoio ao Movimento Pró-Cacau.

Representando o prefeito Adailton Fúria, o vice-prefeito Cássio Góis também participou do ato e afirmou que a retomada da cacauicultura representa um reencontro de Cacoal com a sua história.

“O município, cujo nome deriva do Cacau, já teve uma grande produção no passado, mas com o tempo o homem do campo preferiu investir em outras culturas. Agora, com esse apoio e incentivo do Movimento Pró-Cacau e da Administração Municipal, essa cultura se tornará uma realidade nos próximos anos. Some-se a isso, o apoio que os produtores terão de parceiros como a CEPLAC, Emater, Semagri, SEAGRI, IFRO, Sema, Sebrae e tantas outras organizações que estão comprometidos em apoiar o homem do campo e ajudá-los em técnicas de manejo, melhoria genética e colocação do produto no mercado”, afirmou o vice-prefeito.

Por sua vez, o vereador Romeu Moreira afirmou que o plantio de mudas de Cacau na Praça dos Pioneiros ocorre três dias após a realização do Fórum Pró-Cacau, que superou as expectativas não apenas pelo número de pessoas presentes, mas também pelo aceno que o vereador recebeu de instituições de governo que atuam em apoio ao agronegócio e que se comprometeram a fazer a sua parte para que o agricultor, que é quem realmente faz a diferença, tenha condições de produzir e vender o seu cacau.

Romeu Moreira afirma também que esse ato de desta segunda-feira, dia 05/07, é um ponto de partida que terá continuidade no campo, com o produtor rural, com o seu braço forte, transformando o que é uma ideia em realidade a curto prazo.

“O cacau, além de ótima aceitação no mercado nacional e internacional, tem a seu favor o fato de ser uma cultura sustentável nesses tempos em que o mundo pede por uma agricultura planificada, que respeite o manejo do solo e o ecossistema. Uma roça de cacau é também o replantio de árvores, tão vitais para o meio ambiente”, concluiu.

Related Articles

Deixe um comentário