Home Saúde Coronavírus: novos casos suspeitos surgem em Vilhena durante início de abril

Coronavírus: novos casos suspeitos surgem em Vilhena durante início de abril

por Redação

Vilhena registrou nesta segunda-feira, 6 de abril, um total de 6 novos casos suspeitos até as 19h30. Ao mesmo tempo, um caso foi descartado. Dessa forma, Vilhena tem agora 1 caso confirmado, 7 casos suspeitos e 15 descartados.

(Foto: Divulgação)

O secretário municipal de Saúde, Afonso Emerick, explicou em vídeo no início da noite desta segunda-feira que várias notícias falsas confundiram os vilhenenses durante o dia. Ele explica que há, sim, um caso confirmado de covid-19 em Vilhena, que foi divulgado no domingo, inclusive, pelo Governo do Estado, responsável pelos testes. No entanto, este caso confirmado nada tem a ver com a empresária que foi exposta nas redes sociais e que teve de demonstrar seu exame negativo para comprovar que não tem o novo coronavírus.

Mais cedo, o diretor clínico do Hospital Regional de Vilhena, André Oliveira, acompanhado da coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Susiane Bonfim, também gravaram vídeo junto da empresária, demonstrando que seu caso não era confirmado e pedindo à população que pare de divulgar “fake news”, pois a desinformação é outro inimigo que a Saúde tem enfrentado nesta batalha contra o novo coronavírus.

Nesta segunda-feira, logo após a finalização dos preparativos do prédio da UTI Neonatal para internação dos pacientes com covid-19, foram necessárias 4 novas internações com isolamento de pessoas com casos suspeitos do novo coronavírus. Um destes, inclusive, em estado grave, precisou ser remanejado para UTI, também em isolamento. Assim, atualmente há 5 pacientes com suspeita de covid-19 internadas em Vilhena, contando com a criança que já estava internada e continua sob observação, apesar de melhora no quadro.

No prédio da nova UTI Neonatal estão disponíveis 26 leitos de internação e outros 13 para UTI, exclusivos para os pacientes suspeitos ou confirmados de covid-19. Quatro dos 13 leitos de UTI, porém, serão equipados pela Unimed, em parceria com a Prefeitura. Mais leitos poderão ser disponibilizados no CEV (Centro de Especialidades Vilhenense) caso haja necessidade.

O Cras (Centro de Referência em Assistência Social) iniciou a produção nesta segunda-feira de máscaras cirúrgicas. No primeiro dia já foram produzidas 100 unidades. A iniciativa permitirá ajudar a Secretaria Municipal de Saúde a aumentar seu estoque do material para os profissionais de Saúde do município, visto que há dificuldade na aquisição do material em todo o país.

Rondônia praticamente zerou sua fila de espera por exames nesta segunda-feira, dia 6. O Boletim do Governo do Estado publicado na noite desta quarta-feira revelou que Rondônia tem 18 casos confirmados, 692 descartados e 18 aguardando resultados. O Estado continua tendo registrado, até o momento, somente uma morte por covid-19, em Porto Velho, nenhuma internação de pessoa com covid-19 e 8 pacientes curados.

No Brasil o número já ultrapassou 12 mil casos confirmados e no mundo são mais de 1,3 milhão.

Acompanhe o site e a página da Prefeitura de Vilhena no Facebook para ter acesso a informações corretas sobre a pandemia em Vilhena.

 

Related Articles

Deixe um comentário