Home Coronavírus Coronavírus: Secretaria de Educação de Porto Velho já analisa suspensão do calendário escolar, para evitar contaminação em larga escala

Coronavírus: Secretaria de Educação de Porto Velho já analisa suspensão do calendário escolar, para evitar contaminação em larga escala

por Redação

PORTO VELHO – A Secretaria Municipal de Educação (Semed) de Porto Velho está fechando seu Plano de Contingência com relação ao coronavírus, e pode chegar até a suspender o calendário escolar, além de outras medidas, visando evitar, caso aconteça algum caso positivo da doença em Porto Velho, a facilitação da disseminação entre a comunidade escolar. As informações são do secretário da Semed, Márcio Félix, que conversou com o expressaorondonia na manhã deste sábado, 14.

Ainda sem um calendário final de ações completas, algumas medidas já vêm sendo tomadas de maneira preventiva. Uma delas a suspensão das aulas do pré-Enem nas turmas que funcionam nas bibliotecas Francisco Meirelles, na zona central da capital e Viveiro das Letras, na zona sul, cada um com 100 matriculados.

Do Plano de Contingência da Semed deverão constar alguns itens, como apoio para as escolas, com informação para os professores passarem aos alunos, providenciamento de material para higiene etc. A previsão é que esta semana já se inicie a compra de álcool-gel e outros produtos necessários, além da orientação sobre como orientar os estudantes e a comunidade escolar.

Outras providências, como o trânsito de funcionários na Semed, também fazem parte do Plano de Contingência, sendo outros itens a redução de viagens de servidores para outros estados ou, como o caso de uma diretora de escola que saiu em férias para os Estados Unidos e retornou, mas agora vai ficar afastada numa espécie de “quarentena”. Também a Semed cancelou treinamentos através de empresas ou entidades oriundas de outras cidades para evitar aglomerações.

SEDUC

A questão do coronavírus também está em análise pelo Conselho Estadual de Educação, prevendo-se uma discussão sobre o assunto e a seguir debater uma posição com relação às escolas da Seduc. A fonte consultada com relação aos colégios do Estado disse ainda que as medidas preventivas têm de ser tomadas.

POLÍCIA MILITAR

O comandante-geral da Polícia Militar/RO, coronel Ronaldo, disse que a PM já tem em andamento um Plano de contingência, mas em alguns pontos ainda aguarda posicionamento da Secretaria de Estado da Saúde. Algumas medidas já estão sendo tomadas, como orientação aos policiais com relação à forma de atuação e questões visando evitar a contaminação.

Related Articles

Deixe um comentário