Home Política Governo de RO volta atrás, retifica portaria e reclassifica Rolim de Moura para Fase 01 em plano de ação contra Covid-19

Governo de RO volta atrás, retifica portaria e reclassifica Rolim de Moura para Fase 01 em plano de ação contra Covid-19

por Redação

Na fase 01, apenas serviços classificados como essenciais podem permanecer aberto.

O Governo de Rondônia voltou atrás e retificou o relatório nº 96, reclassificando Rolim de Moura e outros 19 municípios para a Fase 01 do distanciamento social ampliado do programa Todos por Rondônia.

Na fase 01, apenas serviços classificados como essenciais podem permanecer aberto.

Inicialmente, o Governo havia informado no relatório nº 96 do plano de ação Todos por Rondônia, publicado na quarta-feira (08), que 20 municípios poderiam mudar para fase 02. O relatório consta no site do governo (clique aqui).

No entanto, esta mesma edição do relatório foi retificada, passando a informar que apenas três municípios foram reclassificados para fase 02: Ariquemes, Jaru e Vilhena. A informação foi corrigida às 13h30 de hoje (clique aqui).

O relatório nº 97, publicado na noite desta quinta-feira (09) reforçou a reclassificação de Rolim de Moura e outros 19 municípios como pertencentes à Fase 01 (clique aqui).

Os relatórios podem ser conferidos na página do Governo de Rondônia dedicado ao Covid-19 (clique aqui).

Segundo o relatório do plano de ação, 20 municípios permanecem na fase 1, no distanciamento social ampliado; 03 municípios estão na fase 02, no distanciamento social seletivo; e 29 seguem na fase 03, com abertura comercial seletiva.

Fonte: Governo de Rondônia

Segundo consta no site do governo, Ariquemes, Jaru e Vilhena manifestaram interesse na reclassificação após publicação dos novos critérios para enquadramento nas fases do Plano de Ação. O Decreto nº 25.195 permite a reclassificação das fases, desde que seja avaliada a taxa de leitos disponíveis por municípios juntamente com a taxa de ocupação e velocidade do contágio.

Segundo o relatório, Ariquemes tem 75% dos leitos de UTI ocupados, Jaru tem 60% e Vilhena tem 50%.

O que abre e fecha em cada fase:

Fase 1 – Distanciamento social ampliado

Podem abrir os seguintes serviços:

  • açougues, panificadoras, supermercados e lojas de produtos naturais;
  • atacadistas e distribuidoras;
  • serviços funerários;
  • hospitais, clínicas de saúde, clínicas odontológicas, laboratórios de análises clínicas e farmácias;
  • consultórios veterinários e pet shops;
  • postos de combustíveis, borracharias e lava-jatos;
  • oficinas mecânicas, autopeças e serviços de manutenção em geral;
  • serviços bancários, contábeis, lotéricas e cartórios;
  • restaurantes e lanchonetes localizadas em rodovias;
  • restaurantes e lanchonetes em geral, para retirada (drive-thru e take away) ou entrega em domicílio (delivery);
  • lojas de materiais de construção, obras e serviços de engenharia;
  • lojas de tecidos, armarinhos e aviamento;
  • distribuidores e comércios de insumos na área da saúde, de aparelhos auditivos e óticas;
  • hotéis e hospedarias;
  • segurança privada e de valores, transportes, logística e indústrias;
  • comércio de produtos agropecuários e atividades agropecuárias;
  • lavanderias, controle de pragas e sanitização; e
  • outras atividades varejistas com sistema de retirada ( drive-thru e take away) e entrega em domicílio (delivery);
  • atividades religiosas de qualquer culto, até 5 (cinco) pessoas;
  • escritório de advocacia; e
  • vistorias veiculares mediante agendamento.

Fase 2 – Distanciamento social seletivo

Além dos itens citados na primeira fase, podem abrir:

  • corretoras de imóveis e de seguros;
  • concessionárias, locadoras, garagens e vistorias veiculares;
  • restaurantes, lanchonetes, sorveterias e afins para consumo no local;
  • academias de esportes de todas as modalidades;
  • shopping centers e galerias;
  • livrarias e papelarias;
  • lojas de confecções e sapatarias;
  • lojas de eletrodomésticos, móveis e utensílios;
  • lojas de equipamentos de informática e de instrumentos musicais;
  • relojoarias, acessórios pessoais e afins;
  • lojas de máquinas e implementos agrícolas;
  • centro de formação de condutores, despachantes, emplacadoras e congêneres;
  • salões de beleza e barbearias;
  • atividades religiosas presenciais;
  • pesca esportiva;
  • comércio de insumos de estética e produtos de salão de beleza.

Fase 3 – Abertura comercial seletiva

A terceira fase NÃO PERMITE abertura das seguintes atividades:

  • casas de show, bares e boates;
  • eventos com mais de 10 pessoas;
  • cinemas e teatros; e
  • balneários e clubes recreativos.

Fase 4 – Abertura comercial ampliada com prevenção contínua

Segundo o Governo do Estado, nessa etapa haverá reabertura total com os critérios de proteção à saúde coletiva, enquanto houver circulação do vírus sem medida de proteção efetiva (vacina).

Related Articles

Deixe um comentário