Home Artigos Lenha na Fogueira – Uma jornalista da linha de frente enfrentando e vencendo o coronavírus

Lenha na Fogueira – Uma jornalista da linha de frente enfrentando e vencendo o coronavírus

por Redação

Zé Catraca

PORTO VELHO – A cantora portovelhense Fernanda Teixeira está com o videoclip da canção “Que Seja” disponível no canal do youtube. O clip foi produzido pelo Studio Vert (Porto Velho), cinegrafada por Brilhant Produções (Ji-Paraná), com participação da Acrobáta Yube Baré.

Fernanda Teixeira é aquela artista que mostra seu trabalho por exemplo: na Lotérica que fica em frente a Caixa Econômica no centro de Porto Velho e na Caixa da Avenida Calama próxima a Câmara de Vereadores.

***********

Além de cantar, Fernanda toca também violão e pandeiro (Nesse instrumento, a cantora usa, com desenvoltura, os pés) – todas essas ferramentas são utilizadas por ela ao mesmo tempo. Algumas vezes sua filha faz parceria com ela na interpretação das canções.

**********

O repertório da artista inclui canções de sua autoria e covers. Suas letras procuram valorizar as belezas da Amazônia. Em breve, a cantora lançará os singles “É assim a vida”, “Eu Lombro”, “Lola é desbutal” e “No pé de curumim”.

************

Nossa querida amiga e colega de profissão

Mineia Capristano atua na linha de frente da divulgação da pandemia em Rondônia, apoiando, a partir da Superintendência de Comunicação Governamental (Secom), a gerência de Comunicação da secretaria de Saúde (Sesau), na elaboração do boletim diário sobre os números da infeção em Rondônia. Ela postou em suas redes sociais, um artigo, que nos deixou deveras feliz! Ela está conseguindo ou já conseguiu, vencer o Covid – 19. Acompanhem o post da Mineia

Queridos amigos!

***********

Chego ao 12° dia de luta contra a covid-19… quem me conhece bem sabe que meu perfil é mesmo de não vir a público quando me confronto com um problema, mas agora que já está quase vencido, venho falar da atenção aos sintomas e a busca por ajuda o mais rápido possível…

***********

Em meu caso, o que me fez perceber que havia algo errado foi dor de cabeça e nas costas (quase insuportável). Com o passar dos dias vieram também fraqueza e dor na garganta.

**********

Após o resultado do exame, o médico disse que os sintomas que me acometiam eram moderados e fiquei em casa, basicamente isolada no quarto e quando precisava conviver nos demais espaços da casa, o fazia de máscara visando mitigar a propagação, numa tentativa de preservar a saúde de meus familiares.

**********

Mesmo com todos os cuidados na alimentação e hidratação, os sintomas evoluíram e quando chegou a falta de ar, fui à UPA, conforme havia sido orientada. Lá fui informada que, sim, os sintomas podem ser agravados entre os 10° e 14° dias. A partir dali comecei a tomar antibióticos.

**********

Esses detalhes me motivaram a escrever para vocês hoje, porque todos, todos os meus amigos, irmãos na fé e familiares que falaram comigo no pv me questionaram, principalmente, quais são os sintomas do coronavírus e os motivos que me levaram a realização do exame.

***********

De verdade, nem todos os sintomas se instalam, eu, por exemplo, nunca tive tosse ou febre. Só a sensação (mal-estar) da febre.

***********

Já em isolamento (sob suspeita), enquanto aguardava o resultado, internamente eu torcia para que fosse uma virose aleatória, mas não foi, infelizmente.

***********

Logo após o laudo, tanto meu local de trabalho, quanto o condomínio onde moro, foram sanitizados – a sensação de ser um risco para o próximo é horrível e me fez lembrar a presença da Boo na fábrica (Monstros S/A) ou de uma barata no banheiro, mas eu sei, era bem pior…, mas graças a Deus minha família é maravilhosa comigo e vem me ajudando a superar a doença, em todos os detalhes.

**********

O período de isolamento social, independente de estarmos doentes ou saudáveis também é importante para nos aproximar de Deus, e me aproveitei bastante disso, além da família, amigos e irmãos, que se levantaram em oração.

*************

Não posso deixar de agradecer a todos, todos, que oram por mim (permaneçam orando por favor).

************

Também confesso, nunca me fiz tão presente no facebook

*************

Me sinto bem melhor agora, mas com a autoestima abalada – pálida e com o rosto inchado – ah! Mas o que é autoestima pra quem teve medo de morrer?

***********

Apesar de sentir passos firmes em direção à cura (o isolamento será encerrado na segunda, 18. Me solidarizo com muitas famílias e amigos que enfrentam momentos de dor.

**********

É hora de união, queridos, fé em Deus, e vigilantes em todos os sentidos, inclusive em oração.

***********

Que Deus permita a cura para essa doença e assim possamos acordar desse pesadelo.

************

Que chegue logo a segunda feira dia 18, para festejarmos de vez a vitória da nossa amiga jornalista Mineia Capristano contra o novo coronavírus.

Por: Sílvio Santos

Related Articles

Deixe um comentário