Home Artigos Lenha na Fogueira – Zé Catraca

Lenha na Fogueira – Zé Catraca

por Redação

Sílvio Santos

PORTO VELHO – Hoje é dia de roda de samba no Mercado Cultural com o cantor Beto Cezar e o Grupo Doce Melodia. O fuzuê começa às 11 horas. Já na boca da noite, a pedida é o Sarau da Casa Ruante. Segundo a produção, o sarau será temático, LGBTQI+, sendo uma oportunidade para os artistas de diversas linguagens (dança, teatro, música, circo, poesia, performance etc.) apresentarem seus números, cenas, de forma livre. Cabe destacar que haverá microfone aberto, bastando inscrever-se no local.

***********

E começou a temporada dos ensaios dos grupos de quadrilha junina. A turma está colocando todo mundo pra dançar desde ontem à noite.

**********

Se você pertence a qualquer grupo de quadrilha, procure a quadra do colégio onde os ensaios costumam acontecer.

**********

Lembrando que os ensaios das quadrilhas sempre começam após as 22 horas. É uma ótima programação, pois além de ficar conhecendo as novas coreografias, fica por dentro do que vai acontecer no Arraial Flor do Maracujá.

*********

Os Bois Bumbás demoram mais um pouco para começar a ensaiar, pois, a despesa é muita. Os Bois têm que contratar Banda Musical.

**********

Geralmente os Bois começam seus ensaios no mês de maio.

**********

Sabe o que admiro nos grupos folclóricos? É o respeito que eles têm pela cultura popular. Nesses anos todos do Arraial Flor do Maracujá, eles jamais deixaram de se apresentar, mesmo sem o aporte financeiro do governo estadual ou municipal.

**********

Nem mesmo na grande cheia do Rio Madeira em 2014 eles falharam, naquele ano, a Federon se responsabilizou pela realização do Arraial e a festa foi uma das melhores no Campo de Futebol do Bairro Esperança da Comunidade.

**********

Na realidade, a ultima vez que o governo estadual promoveu repasse de subsídios aos grupos folclóricos de Porto Velho, foi no ano de 2012. Dai pra cá, nenhum tostão foi repassado e mesmo assim, jamais deixaram de se apresentar no Flor do Maracujá.

**********

Sabe a última de Porto Velho, durante a audiência pública sobre os ambulantes no Espaço Alternativo…

***********

Nem o governo estadual e muitos menos a prefeitura garantiu alguma coisa. Aliás, o prazo que o governo deu para terminar toda a obra foi até o meio do ano que vem.

***********

Só depois disso, é que a administração do Espaço vai passar para a prefeitura.

***********

Enquanto isso, quem vai ficar literalmente comandando os espaços no Espaço Alternativo são os ambulantes!

Por: Sílvio Santos

Related Articles

Deixe um comentário