Home Geral Paciente com coronavírus teria palestrado para mais de 100 pessoas em Ji-Paraná

Paciente com coronavírus teria palestrado para mais de 100 pessoas em Ji-Paraná

por Redação

Prefeito Marcito Pinto fala sobre caso de coronavírus em Ji-Paraná — Foto: Gedeon Miranda/Rede Amazônica

O paciente de 29 anos confirmado com coronavírus em Ji-Paraná (RO) teria ministrado, recentemente, uma palestra para mais de 100 pessoas no município.

O primeiro caso positivo para o novo coronavírus em Rondônia foi anunciado na noite de quinta-feira (19) pela Secretaria Municipal de Saúde. O paciente é morador de São Paulo e esteve em viagem a trabalho no município. Após sentir os sintomas, ele contratou uma equipe médica particular, que fez o exame para Covid-19.

O paciente com Covid-19 também teria circulado pelo Feirão do Produtor e em lojas de Ji-Paraná, mas só depois adoeceu e precisou de atendimento médico.

Secretaria Municipal de Saúde, amostras do paciente foram coletadas na cidade e encaminhadas para análise em laboratório da rede de saúde privada. Depois da coleta, o paciente infectado fretou voo particular e retornou para São Paulo, onde permanece em observação médica e isolamento.

Coletiva

Nesta sexta-feira, 20, a prefeitura realizou uma coletiva de imprensa e o prefeito Marcito Pinto explicou sobre os procedimentos adotados na investigação do caso suspeito.

Estado quer contraprova

Como os exames do paciente de Ji-Paraná foram feitos em um laboratório particular, o caos ainda não é confirmado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau).

Ao G1, o coordenador estadual do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde, Sid Orleans, informou que o exame realizado em Ji-Paraná foi feito em um laboratório particular, e portanto, neste momento, a secretaria de saúde Rondônia e o Ministério da Saúde não confirmam a informação.

Sid orleans disse ainda que, na manhã desta sexta-feira (20), uma equipe vai localizar as amostras na tentativa de realizar uma contraprova em um laboratório credenciado pelo Ministério da Saúde e somente após esses procedimentos será possível considerar ou não o caso em investigação, anunciado pela prefeitura de Ji-Paraná.

O último balanço oficial da Sesau revela que Rondônia investiga 84 casos suspeitos de coronavírus.

Proibição de palestras

Um decreto publicado nesta semana pelo governo do estado proibiu eventos com mais de 100 pessoas.

Related Articles

Deixe um comentário