Home Geral Prova teórica eletrônica garante celeridade para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação em Rondônia

Prova teórica eletrônica garante celeridade para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação em Rondônia

por Redação

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) Rondônia implantou nas unidades do Estado a prova teórica eletrônica com a utilização de tabletes para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Com a tecnologia, o candidato pode ter acesso ao resultado imediatamente após a realização do exame, além de garantir à autarquia a modernização tecnológica nesse processo que ganha agilidade e economicidade.

Com a implantação da prova eletrônica, o candidato poderá consultar o prontuário e saber se foi ou não aprovado

O diretor-geral do Detran Rondônia, coronel Neil Aldrin Faria Gonzaga, explica que o exame teórico é pré-requisito para que o candidato possa iniciar as aulas práticas de direção veicular. “O exame teórico de forma eletrônica, vai dar celeridade ao processo, pois assim que finalizar a prova, o candidato poderá consultar o prontuário dele e saber se foi ou não aprovado. A prova física levava em média de 15 a 20 dias para sair o resultado”, afirma o coronel Gonzaga.

O diretor também destaca o ganho da implantação do sistema de provas eletrônicas em todas as unidades do Detran no Estado, principalmente para os proprietários de Centros de Formação de Condutores (CFCs), bem como para os candidatos, tendo em vista a praticidade e agilidade na aplicação das provas.

Antes da implantação do formato eletrônico com a utilização dos tabletes, as provas eram feitas de forma física. Antes, o Detran Rondônia tinha que publicar um calendário com bastante antecedência informando quando seriam realizadas as provas teóricas nos municípios e estipular uma margem de segurança para que as provas chegassem ao local. Dependendo do município e os trâmites da empresa de correspondências, o malote com as provas físicas tinha que ser enviado com uma semana de antecedência.

No passado, os Centros de Formação de Condutores tinham que incluir os alunos na turma com uma semana de antecedência. O banco de dados fechava a turma, imprimia as provas e encaminhava por malote para a localidade e, após a aplicação das provas os gabaritos eram enviados para o Detran, em Porto Velho, o que demandava mais tempo. Quando os gabaritos retornavam, os servidores do banco de dados realizavam a correção, para somente depois a nota ser lançada no prontuário do candidato.

“Com a prova digital o Centro de Formação de Condutores (CFCs) poderá incluir o candidato, até meia hora antes de iniciar a prova, é uma praticidade e celeridade muito grande no processo”, ressalta Neil Gonzaga.

RECONHECIMENTO BIOMÉTRICO 

Outra novidade implantada pelo Detran Rondônia esse ano de 2020 foi o reconhecimento biométrico do candidato pelo sistema eletrônico na hora da prova, diminuindo ainda mais a possibilidade de fraude. Os leitores biométricos são dotados de sistema antifraude com detector de dedo vivo (Live Finger Detection).

O diretor-geral do Detran Rondônia, coronel Neil Gonzaga, agradeceu o apoio do governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, nas ações, pelos convênios de sinalização de trânsito e os investimentos tecnológicos necessários que o Detran tem feito nas unidades em todo o Estado.

Coronel Gonzaga também aproveitou para ressaltar o desempenho da Coordenadoria de Tecnologia da Informação (CTI), que tem trabalhado para desenvolver e implantar novas tecnologias, visando maior segurança, praticidade e agilidade nos serviços oferecidos pelo órgão que está presente nos 52 municípios e em mais 12 distritos e localidades de Rondônia.

Somente nas unidades do Detran dos municípios de Cerejeiras, São Miguel do Guaporé e São Francisco do Guaporé ainda não foram implantados os novos sistemas, pois os prédios dessas unidades estão passando por reformas, mas a previsão é que no início do ano de 2021 os novos sistemas comecem a funcionar, após a conclusão das obras.

 

 

 

 

 

 

Fonte
Texto: Eleni Caetano
Fotos: Detran Rondônia
Secom – Governo de Rondônia

Related Articles

Deixe um comentário