Home Polícia Sargento PM de Rondônia deseja a morte a apoiadores de Bolsonaro nas redes sociais; ele já responde a Corregedoria

Sargento PM de Rondônia deseja a morte a apoiadores de Bolsonaro nas redes sociais; ele já responde a Corregedoria

por Redação

PORTO VELHO – Está repercutindo pelas redes sociais em todo o Brasil os comentários que o terceiro sargento da Polícia Militar de Rondônia, Jarde Santos, postou em seu Facebook. O militar escreveu seu desejo de que os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, com mais de 30 anos, se contaminem e morram pelo coronavírus (COVID-19), que tem matado milhares de pessoas no mundo.

A postagem rapidamente compartilhada ultrapassou os limites das redes sociais. O comando da Polícia Militar de Rondônia já está apurando o caso, com um inquérito aberto pela Corregedoria.

O comandante da PM, coronel Mauro Ronaldo Flores, confirma que o policial pertence à corporação e explica: “a opinião do sargento Jardes, em hipótese alguma, reflete a opinião da instituição Polícia Militar”.

O sargento está respondendo à Corregedoria da PM pela postagem dos comentários, definidos pelo coronel como um episódio lamentável.

A Corregedoria da PM está investigando. Dependendo do resultado da investigação, o terceiro sargento pode sofrer sanções, entre elas a exclusão da corporação.

Em sua postagem o sargento PM Jades escreveu – “Meu desejo é que todos os apoiadores do Bozo que tenham mais de 30 anos peguem Covid-19. Não vão escapar. Eu acho é pouco. Boa noite”.

Um grupo de jornalistas de Belém (PA) enviou para um comunicador de Rondônia as postagens do sargento Jardes, perguntando se realmente ele faz parte da PM de Rondônia, certamente estranhando o posicionamento do militar.

Related Articles

Deixe um comentário