Home Cidades Servidores estaduais fortalecem corrente do bem com doação de sangue ao Hemocentro de Cacoal

Servidores estaduais fortalecem corrente do bem com doação de sangue ao Hemocentro de Cacoal

por Redação

Na Semana Nacional do Doador de Sangue, incentivados pela Secretaria Regional do Governo de Rondônia, servidores estaduais tem buscado o Hemocentro de Cacoal para praticar tão importante ato de solidariedade.

A doação é um ato de amor à vida. Doando uma bolsa de sangue, é possível salvar até quatro vidas

Em todo Estado, o baixo estoque de sangue tem preocupado a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron) que nesta semana estendeu o horário de atendimento das unidades coletoras. Entre às 7h e 18h, qualquer pessoa que apresente todas as condições necessárias pode doar sangue, incluindo durante o horário de almoço.

“A doação é um ato de amor à vida. Doando uma bolsa de sangue, é possível salvar até quatro vidas. Nesta Semana Nacional do Doador Voluntário, nós agradecemos a todos que entendem a importância desta ação. Estamos aqui, prontos para receber todos que queiram tirar dúvidas e que desejam ser doadores”, destaca o bioquímico responsável pelo Hemocentro de Cacoal, Tochiuqui Nakandakare.

Nesta quarta-feira, 25 de novembro, Dia Nacional da Doação de Sangue, a servidora da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Camilla Fabiane Paula, levantou cedo para fazer a sua parte e salvar vidas. Desde 2016, a gerente local da Emater é doadora e reconhece a importância deste gesto simples, mas de tamanha grandiosidade. “Eu faço isso com muito amor, pois sei que assim eu posso salvar vidas, ajudar outras pessoas. Além disso, sou muito bem tratada todas as vezes que venho ao Hemocentro de Cacoal. Por isso reforço esse pedido, para que quem puder, que seja solidário, doe sangue e faça a diferença na vida de muitas pessoas”, ressaltou a servidora estadual.

A iniciativa de mobilização dos servidores estaduais partiu da Secretaria Regional de Governo, órgão vinculado à Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog). De acordo com o secretário regional, José Moura dos Santos, que também fez a sua parte e doou sangue na manhã desta quarta-feira, a união entre os servidores, dos mais diversos órgãos do Governo, é extremamente importante, em prol de ações solidárias.

“Eu faço isso com muito amor, pois sei que assim eu posso salvar vidas, ajudar outras pessoas”, destaca Camilla Fabiane, servidora da Emater

“Temos um grupo de WhatsApp onde compartilhamos nossas vivências diárias, trabalhos e ações em prol do Estado. Este é um pedido do nosso governador Marcos Rocha, de promover essa integração, entre todos os órgãos de governo. Desta forma, aproveitando essa oportunidade, lançamos no grupo a necessidade da Fhemeron por doação de sangue. Todos abraçaram a causa, prontamente alguns já se manifestaram e todos os dias temos recebido fotos de servidores doando sangue, salvando vidas e incentivando outras pessoas a doarem”, celebra o representante do Governo de Rondônia na Região do Café, José Moura.

Em Cacoal, o Hemocentro está localizado na avenida Malaquita, 3721, no bairro Josino Brito, próximo ao Hospital Regional. Encerrada a Semana Nacional do Doador de Sangue, o Hemocentro volta a atender em horário normal, das 7h às 13h. Apenas às quartas-feiras será mantido o horário estendido, das 7h às 18h, sem intervalo para o almoço. O telefone para contato e informações é o (69) 3441-0823.

REQUISITOS PARA DOAR SANGUE

  • Estar em boas condições de saúde;
  • Ter entre 18 e 69 anos de idade;
  • Jovens entre 16 e 17 anos poderão doar acompanhados dos pais ou responsáveis legais;
  • Ter peso acima de 50 kg;
  • Estar alimentado, evitando alimentação gordurosa (aguardar três horas após o almoço);
  • Homem pode doar até quatro vezes ao ano, em intervalos de 60 dias (dois meses);
  • Mulher pode doar até três vezes ao ano, em intervalos de 90 dias (três meses);
  • Ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas.

IMPEDIMENTOS TEMPORÁRIOS

  • Estar gripado, resfriado ou com febre; (aguardar sete dias após o desaparecimento dos sintomas);
  • Infecção pelo novo coronavírus, (aguardar 30 dias após a completa recuperação).
  • Estar grávida ou amamentando;
  • Estar em tratamento médico;
  • Ter ingerido bebida alcoólica no dia da doação (12 horas);
  • Ter tatuagem feita há menos de um ano;
  • Ter feito endoscopia digestiva nos últimos seis meses;
  • Ter adquirido malária nos últimos 12 meses.
  • Funcionário da área da saúde que estão à frente da Covid-19 estão inaptos para doação de sangue.

 

 

 

 

 

Fonte
Texto: Giliane Perin
Fotos: Giliane Perin
Secom – Governo de Rondônia

Related Articles

Deixe um comentário