Home Destaques TJRO comemora o Dia Mundial da Água com incentivos para uso consciente

TJRO comemora o Dia Mundial da Água com incentivos para uso consciente

por Redação

Desde a década de 90, o Dia Mundial da Água, 22 de março, criado na Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, persiste no objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância do uso sustentável do recurso gerador e mantenedor da vida. No Tribunal de Justiça de Rondônia, o Núcleo de Acessibilidade, Inclusão e Gestão Socioambiental – Nages, desenvolve, permanentemente, ações que contribuem para essa conscientização, com campanhas de incentivo ao uso consciente e de preservação dos recursos hídricos. Entre os resultados de 2019, o Relatório de Desempenho Socioambiental do TJRO registrou a redução de 2% do consumo de água encanada por prédio.

Assim como a água, que se mantém em constante circulação entre os estados físicos que compõem o seu ciclo, os eventos do Dia Mundial da Água enfatizam, anualmente, temas específicos e relacionados ao diagnóstico das necessidades de empenho nas diversas áreas que integram a distribuição de água no mundo. “O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos”, reza o artigo 4º, do documento criado pela ONU para e pelo mineral de maior importância para a humanidade e demais seres vivos, a Declaração Universal dos Direitos da Água.

Nages incentiva o consumo consciente para lembrar o Dia Mundial da Água

O núcleo aproveita o mês de março para fazer campanha alusiva ao Dia Mundial da Água, destinada a conscientizar e estimular o consumo consciente da água com intuito de alcançar redução do consumo de forma contínua e preservação do recurso hídrico.

A programação compreende disponibilizar enquete para os servidores terem o espaço e oportunidade de descreverem alguma dica de economia, reuso ou reaproveitamento da água utilizada em suas casas. Além das dicas obtidas pela enquete, o núcleo vai divulgar outras sugestões e curiosidades para evitar o desperdício da água.

O monitoramento do consumo de água é realizado mensalmente nas unidades do Poder Judiciário, e o núcleo vai utilizar os dados dos meses anteriores como base de comparação para divulgar o percentual de consumo durante o mês de março, como forma de aproximar, cada vez mais, os integrantes do PJRO às informações relacionadas à sustentabilidade.

Ações no TJRO

A redução do consumo e do gasto com água encanada no Tribunal de Justiça de Rondônia já tem plano de ação e medidas em andamento no Plano de Logística Sustentável da instituição.

Desenvolver hábitos de uso consciente de água; diminuir o volume de água por uso com a substituição de equipamentos sanitários; utilizar água reciclada para fins operacionais externos; instalar hidrômetros em todos os prédios e monitorar o consumo de água são ações inseridas no PLS do TJRO.

Para a coordenadora do Núcleo de Acessibilidade, Inclusão e Gestão Socioambiental – Nages, Maiara Ribeiro de Moraes, “ todos devemos ser agentes transformadores da consciência ambiental, pois, conforme a Declaração Universal dos Direitos da Água, a utilização da água implica em respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza”.

 

 

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação TJ-RO

Related Articles

Deixe um comentário