Home Saúde Vice-diretor clínico do Hospital Regional fala sobre casos de meningite em Vilhena

Vice-diretor clínico do Hospital Regional fala sobre casos de meningite em Vilhena

por Redação

Foto: Mizellen Amaral/Folha de Vilhena

O vice-diretor clínico do Hospital Regional de Vilhena, André Oliveira, concedeu uma entrevista à imprensa na manhã desta segunda-feira, 17, para dar informações sobre os casos de meningite na cidade.

De acordo com o médico, foi confirmado um caso de meningite e outro de suspeita em crianças de 4 e 10 anos. O outro caso suspeito em um colégio particular do município foi descartado.

André Oliveira explica que os dois pacientes citados por ele, estão respondendo bem ao tratamento e devem ser liberados em breve. “Não tem mais necessidade de isolamento. 24h no antibiótico a pessoa já não transmite mais a doença. Os dois casos que estamos tratando estão bem e devem ter alta, amanhã ou depois”, disse.

O médico orienta aos pais que se as crianças apresentarem sintomas de dor de cabeça, febre, vômito e muita sonolência, devem ser levadas ao postinho de saúde mais próximo de sua casa. “Qualquer criança que apresentar os mesmos sintomas, deverá ir à unidade básica para fazer avaliação médica e todos os exames”, destacou.

Além dessa orientação, o vice-diretor pede à população de Vilhena de evitar ir ao Hospital Regional por qualquer motivo para não aumentar o risco de contaminação. “Limitamos as visitas para evitar o risco de contaminação e orientamos a população a procurar o postinho de saúde para fazer o acompanhamento. O hospital está à disposição para casos graves de emergência como infarto, AVC, tiro, faca”, disse.

As outras doenças básicas e as vacinações, segundo ele, serão atendidas nas unidades básicas de saúde do município. “A Atenção Básica está preparada para atender toda a demanda”, explica.

OUTRA ORIENTAÇÃO – O médico orienta aos pais que se as crianças apresentarem sinais de gripe ou conjuntivite, não as deixar irem as locais de aglomeração como, creches e escolas, para proteger as outras crianças.

Related Articles

Deixe um comentário