spot_img

Vilhenense aciona a polícia após vender carro e perder R$ 17 mil

Vítima só descobriu estelionato após constatar que cheque não havia sido compensado

A negociação para a venda de um carro resultou em um prejuízo de R$ 17 mil para uma mulher de 32 anos, moradora de Vilhena. Ao perceber ter sido vítima de um golpe, ela procurou a Unisp (Unidade Integrada de Segurança Pública) na sexta-feira, 14, para registrar o caso.

Para a polícia, ela relatou ter vendido um automóvel pelo valor citado acima, para um homem que havia se identificado como Heitor. No dia 11, quando foi feita a venda, o suposto comprador disse ter transferido o dinheiro para a conta da vítima.

A mulher verificou a conta e constatou que havia um depósito em cheque, então acreditou que estava tudo certo e entregou o veículo ao suspeito. Mas, já no dia do registro da ocorrência, ao verificar novamente, percebeu que o valor não havia sido compensado e então entendeu ter sido vítima de um golpe.

Quando tentou contato com o suposto comprador do carro, o telefone dele estava desligado. A mulher percebeu também que o comprovante de depósito estava em nome de outra pessoa, e não no de Heitor.

Diante da situação, ela registrou o caso como estelionato, para que a Polícia Civil tome as providências cabíveis.

Fonte: Folha do Sul

Related Articles

DEIXE UMA RESPOTA

Entre com seu comentário novamente
Por favor, entre com o seu nome aqui

spot_img

Últimas notícias